SLC Comercial percorre o meio-oeste norte-americano

Um grupo de 40 clientes da SLC Comercial, entre produtores e agrônomos, percorreu 1.500 Km nos estados de Illinois e Iowa (EUA) visitando propriedades rurais, áreas de pesquisa, produtores de sementes e associações de produtores. “Quando as empresas começam a pensar neste tipo de viagem para os seus clientes, estão instigando as pessoas a pensar diferente, a formar uma nova visão de mundo”, declarou Eloir Kluge, gerente de divisional da SLC.

Durante a visita ao Headquarters da John Deere, o grupo foi agraciado com uma calorosa recepção do senior staff da diretoria global da companhia, grupo liderado pelo presidente mundial da empresa, Cory Reed, e mais quatro vice-presidentes: John Lagemann, VP mundial de vendas e marketing, Cris Wigger, VP da plataforma global de tratamento de colheitas para divisão de Agricultura, Bernhard Hass, VP de tratores, e Randy Sergesketter, VP de colheitadeiras.

Já em Adel, IA, os brasileiros foram recebidos por Harry Stine, considerado o pai da agricultura moderna. Sendo o único melhorista genético individual e não multinacional, ele coleta quase 60% dos royalties de soja nos Estados Unidos, mais da metade da soja norte-americana têm genética Stine. Harry Stine também é um dos 250 homens mais ricos, segundo a Forbes, e o homem mais rico do estado de Iowa e, apesar de tudo isso, vive até hoje na pequena cidade onde nasceu. Stine já foi chamado, inclusive, de “Bill Gates do agronegócio”, por Waren Buffet, o maior investidor de todos os tempos. Stine também está na lista do Givin Pledge organizada por Bill e Melinda Gates e Warren Buffet, para doar parte de sua fortuna para filantropia.

Registro no Headquarters da John Deere, em Moline, IL

Para alguns integrantes, a experiência representou a primeira viagem internacional. “Essa viagem veio para somar na minha vida e, com todo esse aprendizado, a gente consegue trazer mais inovação para a nossa empresa, então foi muito importante”, descreveu Vagner de Mattos, da empresa gaúcha Cultivare Agronegócios de Tapejara (RS).

Americano de olho no Brasil

Bruce Rastetter, CEO do Summit Agricultural Group

Para deixar o roteiro ainda mais interessante, o CEO do Summit Agricultural Group, Bruce Rastetter, recebeu os brasileiros para um jantar em sua própria residência. O empresário viu no Brasil uma terra de oportunidades, o que o tornou dono das primeiras usinas de etanol de milho no país, com sede em Lucas do Rio Verde e Sorriso (MT). “Nós temos uma vantagem em Iowa em termos de produção agrícola, mas continuamos a ficar maravilhados com a taxa em que os brasileiros inovam e adotam tecnologia”, comentou Rastetter. “Nós gostamos de ouvir histórias dos verdadeiros pioneiros que vieram do Sul para desenvolver Mato Grosso, que chegaram ao estado no início da década de 1980 com um sonho e construíram a região em uma potência agrícola em um curto período de tempo”, completou.

 

Onde tudo acontece

O roteiro fechou com uma visita à famosa bolsa de valores de Chicago, CME Group, uma das maiores bolsas de mercadorias do mundo que serve como referência global para contratos de commodities como a soja. “Além de participarmos e usufruirmos da viagem, aproveitamos para observar nossos clientes através de outro olhar. A viagem, que foi muito esperada por todos, foi um marco para a empresa”, descreveu Giovane Greinert, CEN da concessionária SLC de Santo Ângelo/RS.

 

Coordenadores de viagem da AgroBravo

O grupo foi conduzido por Henrique Marasca e Gabriela Nichel, coordenadores técnicos da AgroBravo e também clientes da SLC
Miguel Nedel, que é parceiro da AgroBravo em viagens desde a sua fundação, participou do roteiro para agregar mais conhecimento à sua rotina como empresário e produtor rural no Rio Grande do Sul. “Considero essa viagem de extrema importância para fazermos uma análise de como está a situação das duas principais grandes culturas americanas que são o soja e o milho, e com certeza podemos tomar algumas decisões aqui no nosso dia a dia pensando na comercialização dos nossos grãos aqui no Brasil”, resumiu.

 

SLC COMERCIAL

Lidiane Antonow
Lidiane Antonow, Gerente Corporativa de Vendas SLC Comercial

A SLC Comercial atua nos segmentos do agronegócio e comércio de máquinas agrícolas, e faz parte do Grupo SLC. Está presente em diversos estados brasileiros, emprega mais de 4 mil funcionários em todo o país e tem um faturamento anual de aproximadamente R$ 3 bilhões (2017). “Nosso objetivo em proporcionarmos esta experiência aos nossos clientes foi muito além de mostrar a grandeza e excelência da marca John Deere. A escolha do roteiro e visitas foi norteada em agregar conhecimento e oportunidades de melhoria ao negócio dos nossos clientes. Não somente o aprendizado com os americanos, mas especialmente o networking entre os membros do grupo, com valiosas trocas sobre o agronegócio, juntamente com as amizades criadas, foram os grandes frutos desta ação”.

401

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *